Política

Governadora comemora recorde de nomeações em 2023

Com o objetivo de reforçar os serviços públicos do Estado, o Governo de Pernambuco nomeou, este ano, 5.203 novos servidores. É o maior número de servidores convocados nos últimos seis anos e um recorde para o primeiro ano de uma administração. Educação, saúde e segurança foram as áreas mais beneficiadas, com 5,1 mil novos profissionais. O esforço do governo de Pernambuco ocorreu em meio à reorganização das contas públicas estaduais e tem relação direta com o esforço da nova gestão em reduzir custeio não obrigatório para reforçar a entrega e a qualidade de serviços públicos.

“Os novos profissionais que passam a integrar o quadro de servidores do Estado vão nos ajudar a fazer Pernambuco crescer sem deixar ninguém para trás, reforçando e melhorando serviços oferecidos em áreas prioritárias, como educação, saúde e segurança pública. O cuidado com a vida dos pernambucanos sempre será prioridade em nosso Governo”, afirma a governadora Raquel Lyra.

Para a secretária de Administração, Ana Maraíza, esse recorde representa um marco que beneficia toda a população. “A partir das novas nomeações, a sociedade ganhará serviços públicos mais eficientes. Esse aprimoramento das políticas públicas reforça o compromisso da administração estadual com todos os pernambucanos”, destaca a titular da pasta.

Na área da educação, o Governo de Pernambuco realizou o maior ato de nomeação de candidatos aprovados em concurso público para professores da rede estadual dos últimos dez anos. Foram 3.035 novos profissionais aprovados no certame de professor efetivo da Educação Básica (Ensino Fundamental e Médio). Além disso, outros 830 profissionais também foram convocados, sendo 488 para analista em gestão educacional, 96 assistentes administrativo educacional e 246 professores da Universidade de Pernambuco (UPE).

Já na segurança, com o objetivo de fortalecer o sistema prisional de Pernambuco, a gestão Raquel Lyra nomeou 411 policiais penais, número que representa mais que o dobro do previsto no concurso, realizado em 2021, com vistas à convocação de 200 profissionais. Além da convocação dos novos profissionais, o Estado também tem consolidado o direcionamento de recursos para o setor. A destinação de R$ 105 milhões já está prevista na proposta de orçamento de 2024 para o sistema prisional do Estado. O capital deverá ser empregado na conclusão de obras e na aquisição de equipamentos de segurança, entre outras finalidades. Com as nomeações, a proporção de presos para cada policial penal em Pernambuco diminuiu de 24 para 16. Na Secretaria de Defesa Social, 93 profissionais irão intensificar o trabalho de policiamento nos municípios.

Na área da saúde, foram 765 profissionais nomeados, sendo 239 médicos, 287 assistentes de saúde, 99 analistas em saúde, três fiscal em vigilância, além de 92 servidores no Hemope, e 45 médicos que passaram a integrar a Universidade de Pernambuco.

As Secretarias da Controladoria-Geral, Procuradoria-Geral, Fazenda e a Funape, órgão vinculado à Administração, também já conta com novos profissionais nomeados por concurso público.

Novo certame – Ainda este ano, o Governo de Pernambuco também anunciou novos concursos públicos para a área da segurança pública. Estão sendo ofertadas 4.019 vagas, sendo 445 para a Polícia Civil, 214 vagas para a Polícia Científica, 2,7 mil para a Polícia Militar e 660 para o Corpo de Bombeiros Militar.

 

Fotos:Miva Filho/Secom |  -Maíra Arraes/SES

Divulgação

Tags

Cinara Marques

Página do Portal Tribuna Nordeste que visa mostrar notícias diárias da região com foco nos estados de PE, BA e PB, Vale do São Francisco, Petrolina/PE, Juazeiro/BA e o que for importante como informação para o Brasil e o mundo. Acesse tribunanordeste.com.br e fique sempre bem informado. Mande sua sugestão no 81 9 9251-9937 ou [email protected] .

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LUMOS
%d blogueiros gostam disto: