Cultura e TurismoPolítica

Luana Alcântara lança nas plataformas digitais projeto autoral reunindo estilos como reggae, axé e jazz no próximo dia 27

Cultura Tribuna Nordeste

Natural de Petrolina, mas atualmente morando em Juazeiro a cantora e compositora Luana Alcântara está se preparando para lançar seu primeiro single e que abre o EP “Canção da igualdade” com participações importantes do compositor Sérgio Murilo e do músico percussionista Aislan Santos. O lançamento oficial nas plataformas digitais será no dia 27 de Janeiro com a faixa ‘Filha de Iemanja’.

Atuante no cenário musical do Vale do São Francisco, Luana Alcântara desenvolve um trabalho com forte influência da MPB, do Samba, Axé, Reggae e Jazz. Foi uma das vozes finalistas do Festival Nacional Edésio Santos da Canção em 2016 quando encantou o público e deu vida à música ‘Devaneio de um Pescador’. Além disso, Luana também foi cantora solo da centenária Philarmonica 21 de Setembro no ano de 2022. E sua voz está há 13 anos dando um toque especial à união de vários casais durante as celebrações de casamento.

Atualmente a cantora está produzindo o seu primeiro projeto autoral com seu estilo singular, dançante e irreverente que une o swing do Axé e do Reggae atrelado ao sofisticado som do Jazz. Após o lançamento nas plataformas da faixa ‘Filha de Iemanjá’ será apresentada ao vivo no encontro Roda de Timbau do Candeal, em Salvador no dia 28 de Janeiro.

“Essa é uma parceria muito bacana e importante. Eu fiz a letra e ela a melodia e os arranjos. Estava esperando por ela para uma linda interpretação e, para mim é uma honra que seja lançada no Candeal, uma festa tão bonita, com grandes músicos do pessoal de Carlinhos Brown e Ivete Sangalo. É um grande começo de uma música que está ganhando força e já participou do Edésio Santos. E Luana é uma menina especial, que interpreta muito bem e temos um bom entrosamento na composição. A música ‘Filha de Iemanjá’ é minha com participação de Luana e Normeide Farias e temos outras parcerias”, rerssalta Sérgio Murilo.

Algumas das melhores cenas desse encontro farão parte do videoclipe da canção que será produzido pelo cinegrafista juazeirense Aryellson Alves.

“Eu estou vivendo intensamente cada etapa do lançamento, produzir essa canção foi muito especial para mim – Filha de Iemanjá está sendo um divisor de águas e marca o início da minha carreira como cantora na música baiana. Nem consigo falar direito sobre o poder e a sensibilidade que essa música carrega sem antes me emocionar. É um sentimento de leveza, fé e amor sincero. Eu espero que essa canção ecoe estes mesmos sentimentos a todos que a ouvirem”, ressalta Luana Alcântara.   (com assessoria de imprensa)

 

Tags

Cinara Marques

Página do Portal Tribuna Nordeste que visa mostrar notícias diárias da região com foco nos estados de PE, BA e PB, Vale do São Francisco, Petrolina/PE, Juazeiro/BA e o que for importante como informação para o Brasil e o mundo. Acesse tribunanordeste.com.br e fique sempre bem informado. Mande sua sugestão no 81 9 9251-9937 ou [email protected] .

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LUMOS
%d blogueiros gostam disto: