EleiçõesPolítica

Mais um apoiador de Lula é morto por outro defensor de Bolsonaro

Desta vez crime ocorreu no Mato Grosso e a confirmação por motivação política foi do delegado do caso

A briga que terminou em morte no município de Confresa (MT) foi causada por motivos políticos e ocorreu entre um eleitor do presidente Jair Bolsonaro (PL) e um eleitor do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), de acordo com informações do delegado que comando o caso.

Em vídeo encaminhado ao Correio Brasiliense, o delegado Victor Oliveira indica que o homicídio ocorreu na cidade entre a noite do dia 7 e a manhã de quinta-feira (8/9).

A identidade da vítima foi confirmada pela reportagem  do jornal e portal com a Polícia Civil de Mato Grosso (PJC-MT). Benedito Cardoso dos Santos tinha 42 anos. O suspeito tem 22 e não teve a identidade revelada.

Os dois eram colegas e trabalhavam juntos em uma chácara do munícipio. Após o crime, o suspeito fugiu do local e foi encontrado em um hospital em busca de atendimento.

Segundo o delegado, quando o suspeito foi levado pela Polícia Civil para ser interrogado, ele confessou o crime e contou como ocorreu a dinâmica da briga, no feriado de 7 de setembro, por motivos políticos.

“A vítima estava defendendo Lula e o autor disse que estava defendendo Bolsonaro. Então, a vítima deferiu um soco na face do que estava defendendo Bolsonaro e o autor revidou”, explica o delegado Victor.

Segundo relatos do suspeito, a vítima teria sacado uma faca e partido para cima do autor do crime. No entanto, o suspeito teria conseguido tomar a faca e deferido um golpe nas costas.

Só que a perícia concluiu que foram ao menos 15 golpes de faca e uso de machado também.

PRESIDENTE

A presidente do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann condenou mais um crime envolvendo um apoiador da candidatura de Lula a presidente e lembrou que perto de completar dois meses da morte do guarda municipal Marcelo Arruda, crime ocorrido em Foz de Iguaçu quando a vítima comemorava seu aniversário que tinha como tema Lula e o PT.

Marcelo foi morto pelo bolsonarista que invadiu sua festa sem ser convidado e nem conhecer a vítima, só pura e simplesmente porque a vítima era eleitor de Lula.

.“O comando de violência que dá Bolsonaro para extirpar Lula e os petistas leva a isso. O assassino é você Bolsonaro!”, apontou Gleisi. (com correio brasiliense e Brasil 247)

Tags

Cinara Marques

Página do Portal Tribuna Nordeste que visa mostrar notícias diárias da região com foco nos estados de PE, BA e PB, Vale do São Francisco, Petrolina/PE, Juazeiro/BA e o que for importante como informação para o Brasil e o mundo. Acesse tribunanordeste.com.br e fique sempre bem informado. Mande sua sugestão no 81 9 9251-9937 ou [email protected] .

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LUMOS
%d blogueiros gostam disto: