Política

MTST: Famílias são relocadas de ocupação próxima ao Parque Municipal Josepha Coelho

Lideranças das famílias vinculadas ao movimento agora agilizam a destinação por parte da Prefeitura do auxílio moradia. O MTST deve iniciar a construção da obra do conjunto habitacional dentro do Minha Casa Minha Vida Entidades com a portaria da Caixa que será reaberta no mês de fevereiro.

Após idas e vindas, a Prefeitura de Petrolina, através da secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade, entrou em um acordo com a conivência das famílias contempladas pela área próxima ao Parque Josepha Coelho, com o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Teto (MTST) e definir a troca do terreno que ganharam da Secretaria de Patrimônio da União (SPU) por um maior que fica localizado nas imediações do bairro São Gonçalo.

Com a troca, mais famílias serão contempladas, pois a área conquistada pelo sem teto vinda do governo federal só contemplava 60 famílias. Agora, o número aumentará para 300 famílias, fruto da troca em acordo com a gestão municipal de Petrolina..

Segundo a coordenatora estadual do MTST em Petrolina, Nilda Sales (Nildinha Mototaxista), houve também por parte da Sedurb via Secretaria Executiva de Habitação, o cumprimento dos pontos do acordo por parte da gestão municipal como a relocação das famílas para um abrigo municipal enquanto as obras serão executadas pela Associação de Apoio às Famílias Sem Teto do Estado de Pernambuco, junto com o MTST.

“Vale frisar que o terrero dodo pela SPU contnua sendo das famílias contempladas até que todo o processo burocrático po parte da Prefetura seja concluído com a doação do outro terreno acordado. Será enviado um projeto para a Câmara Municipal”, disse Nilda.

Conforme a líder do MTST, o prazo para novo cadasro do Minha Casa Minha Vida Entidades via portaria da Caixa Econômica, será reaberto em fevereiro e com a carta de anuência concedida pela Prefeitura fruto do acordo com as famílias, o movimento poderá dar início a contrução das moradias.

Salatiel Brandão, representante estadual do MTST e da Associação dos Sem Teto, bem como da União Nacional por Moradia Popular, todo o acordo foi cumprido pelas famílias com o apoio do movimento e agora aguarda a divulgação do auxílio moradia.

“A gente agradece ao secretário Thiago Rosendo, de Habitação, e Emício Júnior, da Sedurb, bem como a todos os servidoes e funcionários da secretária de Desenvolvimento Urbano que deu total apoio a relocação das famílias que foram destinadas ao abrigo, algumas foram acolhidas por parentes e agora é agilizar a questão do auxílio moradia. Vamos avançar e levar os 192 apartamentos para essas famílias, realizando o sonho da casa própria de cada uma delas”, complementou Salatiel.

 

 

 

Cinara Marques, redação Tribuna Nordeste

 

Tags

Cinara Marques

Página do Portal Tribuna Nordeste que visa mostrar notícias diárias da região com foco nos estados de PE, BA e PB, Vale do São Francisco, Petrolina/PE, Juazeiro/BA e o que for importante como informação para o Brasil e o mundo. Acesse tribunanordeste.com.br e fique sempre bem informado. Mande sua sugestão no 81 9 9251-9937 ou [email protected] .

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LUMOS
%d blogueiros gostam disto: