EsporteFutebol NordestePolítica

Professor de Jiu-Jitsu morre minutos após vencer luta

Competição foi realizada Recife. Jesiel Andrade tinha 68 anos e foi um dos pioneiros do esporte em Pernambuco. Ele sofreu infarto, segundo federação.

FUTEBOL NORDESTE/ESPORTES – O mestre de jiu-jitsu Jesiel Andrade morreu aos 68 anos, no Recife, após uma luta durante a Copa de Jiu-Jitsu Black Bull, uma das principais do Nordeste, no domingo (10). De acordo com a Federação Pernambucana do esporte, ele sofreu um infarto logo após receber uma medalha de ouro por vencer uma partida.

A competição se chamava Desafio dos Mestres e acontecia no Círculo Militar do Recife, no bairro da Boa Vista, área central da cidade. De acordo com a Federação de Jiu-Jitsu de Pernambuco, Jesiel caiu no tatame.

O caso foi registrado pela Polícia Civil como “morte a esclarecer” e, de acordo com a corporação, um inquérito foi instaurado.

Jesiel chegou a ser levado para o Hospital da Restauração, mas, logo em seguida, o corpo dele foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML), em Santo Amaro, também no Centro.

O sepultamento foi marcado para a tarde desta segunda-feira (11), no Cemitério de Santo Amaro.

Jesiel nasceu no Recife, em 1955, e começou no jiu-jitsu aos 11 anos. Além de lutador, ele também atuou como árbitro e promotor de eventos esportivos, e foi responsável por realizar o 1º Campeonato Pernambucano de Jiu-Jitsu. Ele mantinha a Academia Jesiel Andrade, no bairro da Boa Vista.

Nas redes sociais, a Federação de Jiu-Jitsu de Pernambuco publicou homenagens ao mestre.

“Homem íntegro, de honra, mestre do jiu jitsu, um dos fundadores da nossa federação, é uma perda imensurável para nosso Jiu Jitsu pernambucano. Infelizmente nos deixou, mas seu legado de lutador, homem de honra e inspiração viverá eternamente em nossos corações”, disse a organização.

Outros atletas que treinaram com Jesiel também publicaram homenagens para o professor nas redes sociais.

“A gente ficou em desespero total. Sentimos muito por isso, mas achamos que foi o dia dele. Ele morreu fazendo o que ele amava, no tatame e de kimono”, disse um dos integrantes da FJJPE em uma publicação.

 

 

 

com g1pe

Tags

Cinara Marques

Página do Portal Tribuna Nordeste que visa mostrar notícias diárias da região com foco nos estados de PE, BA e PB, Vale do São Francisco, Petrolina/PE, Juazeiro/BA e o que for importante como informação para o Brasil e o mundo. Acesse tribunanordeste.com.br e fique sempre bem informado. Mande sua sugestão no 81 9 9251-9937 ou [email protected] .

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LUMOS
%d blogueiros gostam disto: